onselectstart='return false'

*

VIVA A VIDA!!!!!!!!

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

FELIZ 2009

EM MEU NOME, EM NOME DA MINHA FAMILIA E AMIGOS, GOSTARIA DE DESEJAR A TODOS UM ANO NOVO CHEIO DE MUITAS REALIZAÇÕES. FELIZ 2009

Continue lendo...

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

ARRECADAÇÃO FUNDEB 2007/2008 SIMÃO DIAS/SE

FUNDEB COMPARATIVO FINAL 2007/2008
ANO 2008 *
JANEIRO - R$ 925.278,62 *
JANEIRO - R$ 590.218,18 (2007)

FEVEREIRO R$ 851.111,61 *
FEVEREIRO - R$ 531,589,75 (2007)

MARÇO R$ 727.135,60 *
MARÇO - R$ 561.382,65 (2007)

ABRIL R$ 859.516,74 *
ABRIL - R$ 815.028.01 (2007)

MAIO R$ 832.379,06 *
MAIO - R$ 707.489,29 (2007)

JUNHO R$ 758.497.08 *
JUNHO - R$ 656.021,07 (2007)

JULHO R$ 798.873,52 *
JULHO - R$ 566.798,90 (2007)

AGOSTO R$ 816.809,40 *
AGOSTO - R$ 608.755,12 (2007)

SETEMBRO R$ 760309,50 *
SETEMBRO - R$ 623.722,64 (2007)

OUTUBRO R$ 776.166,23 *
OUTUBRO - R$ 655.722,64 (2007)

NOVEMBRO - R$ 896,909,11 *
NOVEMBRO - R$ 648,465,22 (2007)

DEZEMBRO - R$ 857,757,39 *
DEZEMBRO - R$ 849.749,16 (2007)

TOTAL R$ 9.760.743,86 *(2008)
TOTAL R$ 7.814.908,79 (2007)

DIFERENÇA R$ 1.945.835,07

Continue lendo...

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Fim da assinatura básica de telefonia será tema importante em 2009

O fim da cobrança da assinatura básica na telefonia, previsto no Projeto de Lei 5476/01, do deputado Marcelo Teixeira (PR-CE), é um assunto que promete mais debate na Câmara em 2009. A comissão especial que vai analisar o tema aguarda a indicação dos representantes dos partidos pelo líderes.

O presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, deputado Walter Pinheiro (PT-BA), considera que o atraso na discussão prejudica o consumidor.

"Preferencialmente a Mesa Diretora da Câmara resolveu criar uma comissão especial para tratar dessa matéria, o que nós avaliamos como um erro", observou o parlamentar. Para o deputado, se o assunto fosse analisado nas comissões permanentes, como a de Ciência e Tecnologia e, depois, na de Defesa do Consumidor, a proposta "talvez andasse mais rápido".

Na sua avaliação, como o tema está numa comissão especial, aguardando um relatório para depois ir para o Plenário, isso prejudicou o consumidor brasileiro e retardou um debate importante, que trata da questão da redução do valor pago pela assinatura básica. "Isto que é um elemento importante para aumentar o acesso a serviços de comunicação no Brasil."

Um milhão de ligações
Em análise desde 2001, o tema já foi alvo de mais de 1 milhão de ligações para o serviço 0800 da Câmara. Os consumidores que apelaram ao Legislativo pediram o fim da tarifa básica de telefone.

O deputado Celso Russomanno (PP-SP) também já pediu o início das discussões na comissão especial. Em audiência pública com empresários do setor de telefonia, em novembro passado, Celso Russomanno questionou a necessidade de manutenção da tarifa básica.

"A assinatura básica é um fator de exclusão social. A assinatura básica exclui a sociedade do direito de ter um telefone fixo e acessar a internet", destaca o parlamentar. "Enquanto nós tivermos uma assinatura básica, acrescida dos impostos, em qualquer coisa como R$ 53, nós não vamos ter o crescimento da telefonia fixa no Brasil."

Equilíbrio financeiro
Os empresários do setor concordam com a necessidade de ampliar o número de assinantes, mas ressaltam que é preciso manter o equilíbrio financeiro das empresas.

O superintendente-executivo da Associação Brasileira de Telecomunicações, Cesar Rômulo Silveira Neto, destacou que o custo da telefonia é alto porque há muitos tributos e juros no Brasil.

"É uma equação que, se quiser resolver, tem que sentar na mesa quem define juro e quem define tributo. Fica muito fácil dizer que o problema é da assinatura básica e esquecer que o País paga 150 bilhões de reais por ano de juro", destaca o empresário.

"Nós temos que pensar seriamente que, ao discutir a questão da assinatura básica porque o usuário não tem renda, a gente tem que discutir primeiro porque a renda desse trabalhador está baixa. E segundo, porque o preço está muito alto, quando as principais componentes de custo desse serviço são tributos e juros. Duas variáveis que não estão no controle das empresas de telecomunicações", acrescenta.

Segundo Cesar Silveira Neto, os altos juros cobrados no País diminuem a renda dos trabalhadores e aumentam os custos dos investimentos em infra-estrutura. Ele lembrou que as empresas de telefonia são obrigadas a cumprir várias exigências com custos elevados. Entre elas, a instalação de um telefone fixo em todas as comunidades com mais de 100 habitantes.

Para o deputado Walter Pinheiro, contudo, as empresas vão continuar ganhando, mesmo com o fim da assinatura. "Se houver a redução do preço, mais consumidores farão uso dos serviços, o que compensa a queda no preço com o aumento da escala de produção."

Continue lendo...

domingo, 28 de dezembro de 2008

Sobe para 136 o número de mortos pelas chuvas em Santa Catarina

SANTA CATARINA - Mais três corpos de vítimas das chuvas foram encontrados no Morro do Baú, no município de Ilhota, na tarde desta sexta-feira. Com isso, subiu para 136 o número de vítimas fatais no Estado, permanecendo seis pessoas desaparecidas: quatro em Ilhota e duas em Gaspar. Segundo a Defesa Civil, 27.236 pessoas permanecem desalojadas e 5.617 continuam desabrigadas.

Continue lendo...

Sergipana é destaque no Caldeirão do Huck

Mãe de 52 filhos, 47 deles adotados, a servidora pública Etani Souza será a grande atração do especial de fim de ano do programa Caldeirão do Huck, exibido pela Rede Globo. A grande família que reside no bairro Rosa Maria, região da Grande Aracaju, tece a casa reestruturada no quadro ‘Lar, Doce Lar’, uma kombi reformada no ‘Lata Velha’ e ainda ganhou R$ 10 mil no quadro ‘Agora ou Nunca’.

A história começou quando um dos filhos escreveu para o programa pedindo apenas a reforma do veículo, mas a produção decidiu ajudar ainda mais. Quem esteve presente na gravação, que trouxe o próprio Luciano Kuck à Sergipe, conta que emoção não vai faltar.

Continue lendo...

sábado, 27 de dezembro de 2008

Emendas de Iran ao Orçamento para a educação somam mais de R$ 3,8 milhões

Quase metade do valor das emendas individuais do deputado federal, Iran Barbosa (PT-SE), à Lei Orçamentária Anual da União (LOA) de 2009, são destinadas à educação pública, uma prioridade do mandato do parlamentar petista. As emendas voltadas para esta área somam mais de R$ 3,8 milhões.

O Orçamento Geral da União foi aprovado pelo Congresso Nacional, no dia 18 de dezembro. O deputado assina, além das emendas individuais, outras quatro emendas, de autoria da Comissão de Educação e Cultura (CEC), da qual é titular.

As emendas da CEC somam mais de R$ 1,5 bilhão. Elas são destinadas à instalação de espaços culturais no País e investimentos nas universidades federais, educação básica e transporte escolar.

Educação como prioridade – A educação e as políticas de promoção aos direitos das crianças e adolescentes, foram as áreas consideradas como fundamentais pelo deputado Iran Barbosa, ao elaborar as emendas individuais ao Orçamento da União para 2009.

As emendas individuais para a área educacional são dirigidas à manutenção e reformas de escolas da rede pública, construção de creches e escolas, aquisição de transporte escolar para os estudantes sergipanos e construção de um centro de convivência para os técnico-administrativos das universidades brasileiras.

Elas beneficiam municípios como Aracaju, São Cristóvão, Ilha das Flores, Neópolis, Pacatuba, Brejo Grande, Santo Amaro das Brotas, Arauá, Pedra Mole e Umbaúba.

"Um País, Estado e/ou Município, sem educação pública de qualidade, não avançam", justificou Iran ao comentar os motivos que levaram o seu mandato a eleger a área de educação como prioridade, sem, contudo esquecer os demais setores importantes para as políticas públicas do Estado de Sergipe.

O deputado explicou que o objetivo do conjunto das emendas é melhorar as condições de vida das crianças e dos adolescentes e a melhoria da qualidade da educação pública e de vida e desenvolvimento humano do povo sergipano.

Orçamento participativo – Na elaboração das emendas para o próximo ano, o mandato procurou atender às demandas de entidades e movimentos sociais, administradores públicos, lideranças populares, comunitárias e sindicais e apoiadores do mandato que chegaram até o deputado.

Este ano, Iran Barbosa promoveu, no dia 1 º de novembro, em Aracaju, um seminário específico para discutir as emendas, do qual participaram mais de 130 pessoas dos mais variados municípios de Sergipe.

Continue lendo...

Exército abre inscrições para pós-graduação à distância

A Polícia Militar informa aos oficiais e praças interessados que estão abertas as inscrições para diversos cursos de pós-graduação Lato Sensu à distância realizados pelo Exército Brasileiro.

Em parceria com a Universidade Castelo Branco (UCB) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e Cultura (Unesco), estão sendo ofertadas vagas para os seguintes cursos: Administração Pública, Educação à Distância: dos fundamentos à Prática, Docência do Ensino Superior, Gestão Estratégica em Recursos Humanos e Gestão em Administração Pública.

Os interessados têm até o dia 31 de janeiro de 2009 para efetivar a inscrição com taxa de R$ 40. As atividades do curso acontecem de 9 de março de 2009 a 31 de março de 2010, com um investimento de R$ 170 a R$ 190, a depender da capacitação selecionada.

Curso de idiomas - Além dos cursos de pós-graduação, estão abertas as inscrições para os seguintes cursos de idiomas à distância pelo Exército Brasileiro: alemão, inglês, espanhol, italiano, russo e francês. As aulas serão iniciadas dia 3 de março e as inscrições podem ser efetuadas até o dia 31 de janeiro de 2009, pelo valor de R$ 90. Neste caso, não serão cobradas mensalidades.

Continue lendo...

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Festa de Natal de Simão Dias, 1 morto e 2 feridos

Por volta das 04:00 da madrugada de hoje, houve um tiroteio na Praça Genis Gomes, onde estava sendo comemorado o Natal. Segundo informações de populares o homem portando um revolver fez vários disparos e conseguiu alvejor o Sr.Damasio e um outro homem conhecido por PATA. PATA, não resistiu e caiu no bar de Joelson e morreu.Damasio está no hospital. Segundo informações houve uma 3 vitima que encontra-se hospitalizada na cidade de Aracaju.

Continue lendo...

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

SINTESE realiza ato de final de ano dia 30

O SINTESE realiza dia 30, a partir das oito da manhã, no Calçadão da João Pessoa, o ato de final de ano. Seguindo exemplo de 2007 o sindicato vai apresentar a nota que os professores deram ao governador do Estado e aos prefeitos com relação a política educacional implantada em 2008.

Urnas foram enviadas para a capital e o interior para colher os votos dos professores das 4078 escolas estaduais e aproximadamente 1600 municipais dos 73 municípios filiados ao SINTESE. Até o dia 27 o professor filiado pode votar através do site www.sintese-se.com.br

O objetivo do sindicato em realizar a votação é refletir sobre a política educacional implantada pelos prefeitos e também pelo governador. “Esse é um momento de reflexão, onde nós vemos os erros e acertos das administrações em cumprir o preceito constitucional de garantir uma educação pública de qualidade para todos”, disse o presidente do SINTESE, Joel Almeida.

Piso

O ato não será somente um momento de mostrar à sociedade sergipana a opinião dos professores sobre a política educacional da rede pública, mas também de reforçar a defesa do Piso Salarial Profissional Nacional que será implantado a partir de 01 de janeiro de 2009. “O cenário de implantação do piso tanto nas redes municipais quanto na rede estadual é nebuloso, os gestores devem cumprir a lei e implantar o piso, mas não tem havido discussão concreta, por parte dos gestores, de como esse piso está sendo construído”, disse o vice-presidente do sindicato, Carlos Sérgio Lobão.

Notas

Ano passado os professores da rede estadual deram nota 3,4 a política educacional implantada pelo governo Marcelo Déda. Nas redes municipais as maiores notas ficaram com os municípios de: Brejo Grande (5,6), Riachão do Dantas (6,8), Riachuelo (5,1), Santana do São Francisco (5,6) e Telha (6,9). As piores notas ficaram com Capela e Gararu (0.6) e Salgado com (0,8).



3ª edição do PROID se encerra dia 29

Os professores da rede estadual que estão na lista de espera da Secretaria de Estado da Educação - SEED e ainda não assinaram o novo termo de adesão têm até o dia 29 de dezembro para entregar o documento em uma das agências do Banese.

O educador que estiver na lista e não entregar o termo será considerado como desistente e perderá o direito ao computador.

Continue lendo...

Garibaldi diz que PEC dos Vereadores só valerá em 2012

Fonte: Agência Senado

O presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho, afirmou à imprensa, ontem (22), que uma decisão do Supremo Tribunal Federal sobre a promulgação da PEC 20/08, que aumenta o número de vereadores em todo o país, só deve ocorrer em fevereiro, após o recesso do Legislativo. Com isso, a decisão do Supremo ocorrerá após a posse dos vereadores eleitos em outubro passado. Na prática, acrescentou, significa que o aumento no número de vereadores só valerá para as eleições de 2012.

- Eu apresentei o mandado de segurança por entender que foi violada uma prerrogativa do Senado, mas entendo que a reação da opinião pública nos leva a refletir sobre o que realmente foi decidido - disse.

A Mesa da Câmara decidiu não promulgar a PEC 20/08, argumentando que o Senado alterou o conteúdo da proposta de emenda à Constituição votada pelos deputados. Garibaldi assinou então o mandado de segurança preparado pela Advocacia do Senado, pedindo que o STF determinasse à Mesa da Câmara a promulgação. O ministro Celso de Mello, do STF, pediu que o presidente da Câmara apresente suas justificativas, para que possa decidir.

Continue lendo...

FELIZ NATAL

Natal...
É o mês de confraternização Agradecimento pela vida
Bênçãos ao filho de DEUS
União, amor, reflexão!

Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,
harmonia, fraternidade
Que o gesto de ternura se estenda de várias mãos
Que ao som dos sinos
O amor exploda em toda direção!

FELIZ NATAL!
UM ANO NOVO DE FÉ E SUCESSO!

Continue lendo...

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Grávidas podem receber pensão alimentícia

As grávidas brasileiras já têm o direito de cobrar na Justiça pensão alimentícia. Pela lei sancionada pelo presidente Lula, a mulher pode pedir para que o suposto pai de seu filho contribua durante toda a gestação com as despesas de alimentação, exames, medicamentos e o parto. Pelas novas regras, a comprovação da paternidade só será possível após o nascimento da criança com o exame do DNA.



Isso porque foi vetada, sob alegação de risco à criança, o artigo que possibilitava a realização do exame pericial pertinente já durante a gravidez. Ou seja, o homem terá de pagar a pensão mesmo sem que haja a certeza de que é o pai. O texto da lei não prevê a devolução obrigatória do que foi pago a título de pensão caso depois fique provado que ele não era o pai. Mas o homem poderá entrar na Justiça e pedir, não só a devolução do valor pago, como também uma indenização.

Por Ivan Valença

Continue lendo...

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

MP denuncia empresário flagrado com euros na cueca

O Ministério Público Federal em Guarulhos informou hoje que denunciou na sexta-feira o empresário Enivaldo Quadrado por falsidade ideológica. Quadrado, ex-proprietário da corretora Bônus-Banval e um dos réus do mensalão, foi flagrado no início do mês com 361 mil euros não declarados na cueca no Aeroporto de Cumbica, na Grande São Paulo.

Segundo o MP, a pena para o crime vai de um a cinco anos de prisão.

O procurador da República Vicente Mandetta também determinou o envio de uma cópia do inquérito policial para a Procuradoria da República em São Paulo para que seja apurada a origem do dinheiro apreendido com o empresário. O procurador também quer investigar se foram cometidos crimes contra o sistema financeiro e de lavagem de dinheiro. Mandetta pediu ainda que o procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, seja comunicado formalmente da nova denúncia contra o empresário, uma vez que o Souza é o responsável pelo processo do mensalão, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF).

Quadrado foi preso em flagrante no dia 6, quando foi parado por policiais federais ao chegar no Aeroporto de Cumbica. Os policiais que o revistaram notaram que ele trazia dinheiro e que deveria declarar que portava mais do que o equivalente a R$ 10 mil em moeda estrangeira à Receita. Ao se apresentar na alfândega, Quadrado voltou a afirmar que não portava valores superiores a R$ 10 mil. Ele foi então novamente questionado pelos fiscais da Receita e disse portar 300 mil euros.

A Receita chamou a Polícia Federal para contar as notas, que somaram 361 mil euros, guardados em uma maleta e até na cueca. Para Mandetta, não há como contestar as provas ou a autoria do crime, já que Quadrado "omitiu intencionalmente valor que deveria declarar quando de sua entrada no País". Na sexta-feira, a Justiça Federal de Guarulhos decidiu mantê-lo preso provisoriamente.

Continue lendo...

Chuva derruba ponte e abre cratera na BR-494, em Minas Gerais

BELO HORIZONTE - As fortes chuvas que atingiram o Estado de Minas Gerais derrubaram parte de uma ponte e interromperam o tráfego na BR-494, em um trecho de cerca de 35 quilômetros, entre Carmo da Mata e Oliveira, neste domingo. Os motoristas precisam fazer um desvio, que aumenta a viagem em 60 quilômetros. A estrada é um dos principais acessos da região à rodovia Fernão Dias.

De acordo com o Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, que cuida da estrada, o córrego subiu quase cinco metros e a água levou parte da cabeceira da ponte, deixando uma cratera de quase sete metros de profundidade. A previsão do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit) é de que as obras fiquem prontas em 40 dias, se o tempo ajudar. Nesse período, o único acesso é pelo município de Cláudio.

O último boletim divulgado pela Defesa Civil neste domingo informa que desde setembro, quando começou a temporada de chuvas, 30 pontes foram destruídas e seis ficaram danificadas. Até hoje, o Estado contabilizou 13 mortes e mais de 32 mil desabrigados e desalojados. Desde setembro, 43 cidades decretaram situação de emergência.

Continue lendo...

domingo, 21 de dezembro de 2008

Advogado-geral do Senado diz que Mesa da Câmara deveria promulgar de imediato a PEC dos Vereadores

O advogado-geral do Senado, Luiz Fernando Bandeira de Mello, disse considerar desnecessária uma nova análise, por parte da Câmara dos Deputados, da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 20/08, que cria 7.343 novas vagas de vereadores. Ele fez afirmação em entrevista à imprensa, após protocolar no Supremo Tribunal Federal (STF) o mandado de segurança impetrado pelo presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), contra a decisão da Mesa da Câmara de não promulgar a emenda Constitucional decorrente da PEC 20/08.

Em sua avaliação, o fato de uma parte da emenda constitucional - a que altera o número de vereadores - ser consensual nas duas Casas do Congresso, permite cobrar da Mesa da Câmara dos Deputados a imediata promulgação da referida emenda constitucional.

- Segundo a tradição que já se construiu no Congresso Nacional, ratificada pelo próprio STF, só é necessário esse retorno à Casa inicial quando as mudanças estão intrinsecamente ligadas à parte consensual - disse.

De acordo com Luiz Fernando Bandeira de Mello, a melhor solução para a questão - defendida pelo presidente do Senado - seria o caminho da negociação, ou seja, que a Câmara dos Deputados voltasse atrás e promulgasse a emenda sem a necessidade de interferência do STF.

Continue lendo...

Propriá terá Gestão Democrática

O SINTESE entregou nesta sexta, 19, ao prefeito Paulo Britto (P)T) de Propriá, proposta de projeto de lei para a regulamentação da Gestão Democrática na rede municipal de ensino.

Vale ressaltar que a proposta entregue ao sindicato foi amplamente discutida com os professores e também conta com colaborações dos últimos debates feitos com a Secretaria de Estado da Educação

Continue lendo...

sábado, 20 de dezembro de 2008

Sobe para 12 o número de mortos em decorrência das chuvas em Minas Gerais

BELO HORIZONTE - A Defesa Civil do Estado de Minas Gerais divulgou boletim, nesta sexta-feira, informando que subiu para 12 o número de mortos em decorrência das chuvas que atingem o Estado. Além das mortes, são 23.796 desalojados e 4.234 desabrigados. Não há registro de desaparecidos.

Nas últimas 24 horas, a Defesa Civil do Estado registrou quatro ocorrências relevantes. Uma delas, em Betim, foi o transbordamento do rio Paraopeba, que ocasionou diversos alagamentos em toda a cidade. As águas subiram quatro metros em apenas cinco horas, segundo testemunhas. Após os alagamentos, 179 foram desalojadas e 54 residências danificadas.

Outra enchente registrada pela Defesa Civil nas últimas 24 horas aconteceu na cidade de Belo Vale, também atingida pelo transbordamento do rio Paraopeba. A BR-422 teve uma parte destruída e agora o município está isolado.

Ainda em Minas, só que na cidade de Piranga, a prefeitura da cidade comunicou o transbordamento do rio Piranga, que causou inundações e invadiu residências. Em Caraguases, outra enchente causou a última morte registrada pela Defesa Civil.


No Estado, já são 41 municípios em estado de emergência. O número de casas danificadas é de 13 mil e outras 133 foram completamente destruídas pelas enchentes e deslizamentos. A previsão para esta sexta-feira é de mais chuva. O boletim meteorológico da Defesa Civil informou que uma nova frente fria reforça as áreas de instabilidade e que o tempo permanece chuvoso no sul e no oeste de Minas Gerais, na Zona da Mata e na Grande Belo Horizonte.


Rio de Janeiro

As chuvas também atingem o Estado do Rio de Janeiro. De acordo com dados da Defesa Civil desta sexta-feira, são 30.036 pessoas desalojadas e 2.155 desabrigados nas regiões Norte e Noroeste Fluminense. Estes números subiram bastante em relação ao último boletim divulgado por causa das chuvas que atingiram o município de Santo Antônio de Pádua, deixando 400 desabrigadas e 20 mil desalojados na cidade.

Blog Miracema

Rua da cidade de Laje de Muriaé, uma das mais atingidas pelas chuvas

Além de Santo Antônio de Pádua, outros municípios bastante afetados pelas chuvas nos últimos dias são Itaperuna e Laje do Muriaé, que decretaram, nesta quinta-feira, situação de emergência. Laje do Muriaé, onde o Rio Muriaé está acima do nível normal, tem 1,5 mil desalojados e 254 desabrigados. Já Itaperuna tem 815 desalojados e 51 desabrigados.

Outros municípios onde moradores tiveram que deixar suas casas foram: Cardoso Moreira, Natividade, Itaocara, Aperibé, Bom Jesus de Itabapoana, Italva, Porciúncula, Campos dos Goytacazes e Cambuci. Estes municípios estão sofrendo com alagamentos, mas não há registro de desabamentos, de acordo com a Defesa Civil.

A previsão é de que as chuvas continuem no Estado e a orientação da Defesa Civil é para que os moradores evitem as áreas de encosta.

Espírito Santo

Duas comunidades rurais da cidade de Ibitirama, no interior do Espírito Santo, estão isoladas devido às fortes chuvas que atingem o município há cinco dias, segundo informações da secretaria de Obras fornecidas nesta quinta-feira. Pelo menos oito famílias foram atingidas, mas a perspectiva, segundo o órgão, é de que esse número chegue a dez.

As pontes que ligavam o centro da cidade às comunidades foram inundadas devido ao aumento do nível do braço direito do rio Norte, que subiu em quase sete metros. O encarregado geral de obras, Gilmar Nantet, afirmou que as estruturas das pontes, mesmo com o efeito da água, não foram afetadas e não há risco de ruírem.

Ainda de acordo com Nantet, a Defesa Civil estadual fará uma visita à cidade nesta sexta-feira, para vistoriar uma encosta que deslizou na cidade.

Santa Catarina

Em outro Estado atingido pela chuva, Santa Catarina, outros três óbitos foram registrados nesta quinta-feira. Os três morreram no Morro do Baú, na cidade de Ilhota, segundo a Defesa Civil, e ainda não foram identificados. No total, agora são 131 mortos e 22 desaparecidos.

No Estado, 27.236 pessoas continuam desalojadas - as que podem contar com ajuda de vizinhos e familiares - e 5.737 desabrigadas - as que perderam tudo e precisam dos abrigos públicos.

Continue lendo...

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

STF confirma pagamento do piso salarial

O Supremo Tribunal Federal confirmou em sessão do pleno realizada ontem (17) que o pagamento do piso salarial nacional para os profissionais da Educação deve entrar em vigor em 01 de janeiro de 2009.

Os ministros julgaram liminar na Ação Direta de Inconstitucionalidade - ADI impetrada pelos governadores do Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Ceará e Rio Grande do Sul que solicitava a suspensão de dispositivos da lei 11.738/2008 que instituiu o piso.

Na liminar os governadores solicitam a STF que suspendesse: a questão da distribuição da jornada de trabalho em até no máximo 2/3 da carga horária em sala de aula e a vinculação do piso salarial a vencimento básico, além do pagamento a partir de primeiro de janeiro de 2009.

O STF concedeu liminar parcial no sentido de que a distribuição da carga horária dentro da jornada de trabalho ficará a cargo dos estados e municípios. No entendimento da maioria dos ministros do pleno, cabe aos Estados e municípios regular carga horária dos servidores. E também vinculando o piso a remuneração e não a vencimento até o julgamento final da ADI (que não tem data marcada para acontecer).

O relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, considerou o pedido de liminar dos governadores improcedente, voto acompanhado pelo ministro Carlos Brito, mas os ministros Menezes Direito, Carmem Lúcia, Eros Grau, Cezar Peluso e Gilmar Mendes consideraram que a solicitação dos cinco governadores era procedente na questão da carga horária e também da vinculação do piso a remuneração. Lembrando que vencimento significa o salário-base e remuneração significa o salário-base acrescido das vantagens pessoais e coletivas.

Para a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE a decisão do STF “desconsiderou a vontade soberana do povo brasileiro expressa por unanimidade pelo Congresso Nacional e mais uma vez a categoria vai se mobilizar e buscar nas ruas essa conquista”, disse o presidente da CNTE, Roberto Leão.

fonte: SINTESE

Continue lendo...

PAULINHA ABELHA COMEÇA A GRAVAR NOVO CD!

A cantora simãodiense garante que assinou, ontem,18, sua demissão da banda. Paulinha passou a tarde na companhia de Neto e Marlos, no Estúdio 3, em Aracaju, gravando as primeiras faixas do primeiro cd fora da Calcinha.

O repertório é composto por músicas românticas e vaneirão, por isso o nome da banda, 'Cachaceiros do Forró'.
O cd tem a produção de Christian Lima e contará com participações especiais, como a de Daniel Diau.O lançamento oficial do cd e da banda, está previsto para o dia 23 de janeiro, em Fortaleza/CE.
A banda Cachaceiros do Forró está nascendo de uma união de amigos, dentre eles o dançarino Viktor Romão, que vai produzir e coreografar a banda.

FONTE: EDELSON FREITAS

Continue lendo...

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Atiremos os sapatos!

Costumou-se a acreditar que o final do ano é o tempo mais propício para se desfazer de coisas. E deve ser mesmo. Tem alguma lógica. Limpam-se os baús, doam-se roupas, jogam-se fora as quinquilharias. Espanam-se o mausoléu do coração. Tudo com vistas ao novo ano. Refazem-se os teimosos planos, muitos que jamais serão atingidos. Bom, pelo menos se tenta. Final de ano é também tempo ideal de jogar os sapatos. Nada de deixá-los na janela abandonados a espera do nada e de ninguém. Sapatos foram feitos para serem atirados.

Nesta semana, por exemplo, um bravo jornalista iraquiano chamou atenção do mundo quando atirou seus sapatos contra o presidente dos Estados Unidos, George Bush. O jovem Muntazer AL-Zaidi participava de uma coletiva de imprensa em Bagdá, certamente a última de Bush no Iraque, quando retirou e arremessou os seus sapatos contra o presidente estadunidense. Pena que não acertou. Mas a ação corajosa do jornalista do canal de tv sunita Al Bagdadia foi acompanhada pelas frases: “vá embora seu cachorro maldito, você é responsável pela morte de milhares de iraquianos”.

Bendita ira santa daquele colega jornalista contra um algoz do seu povo. Há se jornalistas e outras pessoas daqui tivessem um milímetro de sua coragem e compromisso com seus irmãos.

Do lado de cá do mundo, atirar sapatos não passaria de uma agressão infantil, mas lá jogar os sapatos e chamar alguém de “cachorro” é uma gravíssima ofensa à honra, o pior dos piores desprezos. Mas o que fez Bush para merecer isso? Simplesmente comandou pessoalmente o maior massacre contra iraquianos, inclusive mulheres e crianças, desde a segunda guerra mundial. Não se tem números definitivos, mas organizações humanitárias acreditam que o exército mais sanguinário que a história já viu, o estadunidense com apoio de outros, teria matado cerca de 350 mil pessoas civis apenas no Iraque, sem falar do Afeganistão e de outras incursões no Oriente Médio. O que seria uma sapatada, quem nem pegou, diante desse mar de sangue no Iraque derramado a mando de Bush?

Mas não é só isso. Os iraquianos que conseguiram escapar das execuções do sanguinário exército do Bush foram absurdamente trancafiados numa base militar que os Estados Unidos mantêm em Guantánamo, em Cuba. Basta ser iraquiano, ter sobrevivido aos massacres em Bagdá e ter alguma suspeita de ligação com Al-Qaeda e os talibãs que vai direto para Guantánamo, inaugurada em 2002. Por aquele campo de concentração de espírito nazista, acredita-se que já passaram cerca de 2.500 homens, adultos e adolescentes. Tudo isso sem qualquer indiciamento ou procedimento ou processo legal. Desse total, apenas 21 teriam sido indiciados por crime de guerra e outros inúmeros estão desaparecidos. O que seria uma sapatada diante do terror desse praticado pelos Estados Unidos?

Sem dúvida alguma, George Bush entra para a história como um dos maiores líderes sanguinários dos tempos modernos. As sapatadas foram tão legítimas e expressam a vontade de milhões de pessoas em todo mundo. Milhares de iraquianos e mulçumanos de vários países saíram às ruas para apoiar e festejar a ação do jornalista Muntazer AL-Zaidi. Essas sapatadas muitos e muitos de nós queríamos dar. Mas antes de qualquer acusação de que aqui se defende à violência, não é nada disso. Atitude do jornalista é uma ação simbólica e antes de tudo patriótica e de legitima defesa. Os jornalistas brasileiros engajados na luta de transformações no Brasil e América Latina devem se solidarizar com o colega Muntazer AL-Zaidi, autor de um gesto valente e destemido contra este inimigo da paz e da humanidade, George W. Bush, responsável pela ocupação do Iraque e por milhares de mortes naquele país.

Até ontem o jornalista iraquiano, depois de preso, ainda não via aparecido.

E no Brasil e em Sergipe, quem merecia umas boas sapatadas? O que diriam os movimentos sociais, os sindicatos, os trabalhadores, os desempregados? Certamente essa não é uma ação individual e nem centrada numa pessoa apenas, mas as sapatadas como uma símbolo do repúdio devem representar a vontade de muitos e o alvo não deve ser escolhido pelo que é ou somente pelo posto que ocupa, mas pelos massacres, sofrimentos, decepções, desesperança que produz.

Aos sapatos!

* José Cristian Góes é jornalista, da direção do Sindijor/SE e da CUT/SE

Continue lendo...

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

MUNDO ARTÍSTICO: EXCLUSIVO! PAULINHA ABELHA DEIXA A BANDA CALCINHA PRETA!


O Blog do Edelson Freitas informou por volta das 21 horas desta terça, 16, que a cantora simãodiense Paulinha Abelha tinha deixado a banda Calcinha Preta. Em conversação com o radialista Edelson Freitas, Paula confirmou sua saída e informou que colocará sua própria banda. Além de Paula, Marlos também saiu. Neto já tinha sido posto pra fora dias atrás.
O nome da nova banda ainda não foi divulgado, mas enfatizou que o novo grupo musical fará um trabalho de muita qualidade. O cd contará com a participação especial de grandes artistas de renome nacional como Daniel Diau, Leonardo, Eduardo Costa dentre outros. Inicialmente, a nova formação será: Paulinha Abelha, Marlos e Neto. Confira relato da própria Paulinha Abelha:
Terça-feira, 16 de Dezembro de 2008
Meus Amores, não poderia deixar vocês aqui sem esclarecimento....
Quando se refere a minha saída e também do Marlus, da Banda Calcinha Preta.
Hoje, tomei uma das maiores e mais difíceis decisões de minha vida, mas, não menos importante informá-los é que estou muito feliz e cada vez mais forte, sei que poderei contar com a amizade, carinho e o amor de todos os meus fãs, afinal, nossa história não terá um fim, será eterna como a nossa verdadeira relação de amor... Estamos providenciando um vídeo para anunciarmos oficialmente essa importante decisão e agradecemos o apoio que estamos recebendo de todos os fãs no Brasil e também no exterior.
AMO VOCÊS DE TODO MEU CORAÇAO E, JAMAIS ESQUECEREI AS LINDAS IMAGENS DE CADA UM DE VOCÊS. TENHO CONVICÇÃO QUE CONTINUAREMOS ESSA NOVA ETAPA DE TRABALHO, COM MUITA ALEGRIA, SATISFAÇÃO E, SOBRETUDO, MUITA PAZ. MEUS QUERIDOS FÃS ABRACEM O MEU NOVO PROJETO JUNTO AOS MEUS QUERIDOS MARLUS E NETO.
BJS E QUE DEUS OS ABENÇÕE!
PAULINHA ABELHA.

FONTE:EDELSON FREITAS

Continue lendo...

Educação a distância multiplica vagas

A Universidade Aberta do Brasil (UAB) deve contar com 600 mil alunos em 2012, um número seis vezes maior que o previsto para o início de 2009. Esta é a expectativa do ministro da Educação, Fernando Haddad. Ele participou nesta terça-feira, 16, em Brasília, da abertura do encontro de coordenadores das instituições integrantes do Sistema UAB.

“Hoje, a UAB tem mais de 500 pólos em todo o país e serão 100 mil alunos matriculados no início de 2009”, comemorou o ministro. Na visão dele, a educação a distancia, em construção no Brasil, é uma nova fronteira na educação superior e precisa de paradigmas sólidos para não comprometer a ampliação do acesso ao ensino superior. “Se zelarmos pela educação a distância, será possível criar um paradigma de qualidade nessa modalidade, respeitada em todo o mundo”, afirmou.

Para o ministro, assim como a educação superior pública presencial é modelo para todo o sistema universitário, o Estado precisa se responsabilizar pela criação de um referencial em relação à modalidade a distância. “É dever do estado oferecer acesso e também criar marcos referenciais de qualidade”, disse.

Criada em 2006, a UAB amplia a oferta de cursos superiores em instituições públicas, por meio da educação a distância. A prioridade é formar novos professores para atuar na educação básica e oferecer formação continuada àqueles já em exercício. “É difícil pensar a formação continuada para 2 milhões de professores sem o modelo da tecnologia da educação num país com as dimensões do Brasil”, afirmou o ministro, referindo-se aos professores da educação básica que precisam receber formação.

Nos 562 pólos espalhados pelo interior do Brasil, há laboratórios de informática, biblioteca e acompanhamento de tutores para as atividades presenciais. “O pólo é a casa do professor (em formação), onde ele tem uma interlocução com os tutores e professores”, enfatizou Haddad. “Esses alunos estavam distantes da possibilidade de formação e vêem a UAB como nova perspectiva profissional”, completou.

Para Haddad, a modalidade a distância ajuda a ampliar e democratizar o acesso à educação superior em conjunto com outras ações e programas do Ministério da Educação em curso, como o Programa Universidade Para Todos (Prouni) e o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (ReUni).

“Vamos cumprir a meta de alcançar a taxa de 30% de matrícula bruta na educação superior entre 18 e 24 anos”, disse, em referência à meta estabelecida no Plano Nacional de Educação (PNE), que entrou em vigor em 2000, com duração de dez anos. “Num próximo PNE, poderemos fixar a meta de atender 50% da juventude”, previu.

Continue lendo...

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

FHC aponta Déda como futura grande estrela da política nacional

Mônica Bergamo – Folha de São Paulo

Quem será o próximo?

A apresentadora Luciana Gimenez era uma modelo de relativo sucesso no exterior quando explodiu como uma das maiores celebridades do mundo em 1998 -grávida de Mick Jagger, ela foi o pivô, ou a gota que faltava, para que o astro se separasse da mulher, Jerry Hall. Adriana Calcanhotto era a "nova cantora gaúcha" no início dos anos 90 -mas Maria Bethânia já recomendava a "compositora muuuuuito boooa, uma menina que tem um trabalho diferenciado, especial, nobre e com muito humor". Na mesma época, no Ministério da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso começava a preparar o Plano Real.

Os três, que hoje figuram em qualquer lista de personalidades de destaque no Brasil, ajudaram a coluna, que ouviu outros "conselheiros", a mapear futuros talentos em suas respectivas áreas que poderão transbordar das reportagens especializadas para desfilar na página 2 da Ilustrada.

CELEBRIDADE

Luciana Gimenez acha que a grande promessa do futuro é Sasha, a filha de Xuxa. "Ela vai seguir os passos da mãe. Sasha não nasceu. Ela estreou." A apresentadora elege até uma parceira para a futura estrela: Lívian, filha de Renato Aragão.

"Elas podem ter, no futuro, um programa como o "Simple Life", da Paris Hilton. Já imaginou as duas andando de carro blindado, falando da semana, dos namorados e contando como é a poluição, o cheiro na marginal Tietê?" Para Luciana, "se a Sasha tem talento ou não, são outros quinhentos. Mas a menina gosta, tem vocação. Já é meio caminho andado". Já para Lucas, seu filho com Mick Jagger, ela vê um futuro diferente.

"Ele adora música mas, quando canta, é de costas [por causa da timidez]. Agora, se ele quiser ter uma banda, eu vou estar lá com a camiseta de Lucas Jagger, enxuta, toda repuxada, de calça justa -com cinta para esconder as banhas -e pagando o maior micão."

MÚSICA

Adriana Calcanhotto aposta na cantora Ava Rocha, filha do cineasta Glauber Rocha, "que tem uma p. voz, uma ótima presença de palco. A menina é uma artista". Já o roqueiro Lobão diz que o "novo Lobão, transgressor de regras" será, na verdade, uma mulher: a cantora Mallu Magalhães, 16. "A carreira dela já começou de modo imprevisível, com uma megavisitação na internet.

Daí você vê uma garota cantando em inglês, com um estilo muito próprio de se vestir, que põe um sapato de cada cor. Me identifico porque eu também comecei aos 16 anos. E ainda tem essa história do namoro [com Marcelo Camelo, 30]. Tem gente apaixonadíssima pelo romance, tem gente que acha um incesto. Ela vai perdurar. Daqui a 25 anos, ela ainda vai estar sendo falada."

ARTISTA

Patrícia Pillar joga suas luzes sobre a atriz Bruna Marquezine. "Acompanho a carreira da Bruna e percebo a sua clara evolução como atriz. Ela passou da intuição à elaboração. Seus personagens estão cada vez mais construídos, e olha que ela ainda é muito jovenzinha.

Isso aponta para um futuro mais do que promissor."

CINEMA

O cineasta João Moreira Salles não indica uma pessoa -e sim um ponto geográfico de onde emergirão as futuras estrelas do cinema nacional. "Dizer que a próxima grande novidade do cinema brasileiro tem boa chance de sair de uma dessas áreas mais pobres, que hoje têm acesso a câmeras e ilhas de edição, soa a populismo barato.

Ainda assim, se tivesse que pôr minhas fichas em alguém, diria que um cinema surpreendente surgirá de lugares que nunca fizeram cinema." Cacá Diegues pensa igual: "A próxima novidade de nosso cinema serão os filmes feitos por jovens cineastas moradores da periferia de nossos grandes centros urbanos, testemunhas da vida em suas próprias comunidades, porta-vozes deles mesmos".

POLÍTICA

Fernando Henrique Cardoso aponta Marcelo Déda (PT-SE), governador de Sergipe, Eduardo Campos (PSB-PE), governador de PE, Beto Richa (PSDB-PR), prefeito de Curitiba, e Wilson Santos (PSDB-MT), de Cuiabá, como futuras grandes estrelas da política nacional.

Continue lendo...

Ideli sugere votação em Plenário, na quarta-feira, de projeto que amplia vagas em universidades para estudantes de escolas públicas

Os senadores poderão vir a apreciar em Plenário, ainda nesta quarta-feira (17), o projeto de lei que reserva 50% das vagas das universidades federais e escolas técnicas para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas. A sugestão para que a votação ocorra em Plenário ainda nesta quarta foi dada pela senadora Ideli Salvatti (PT-SC) na última reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), no dia 10, quando a matéria deveria ter sido votada por esse colegiado.

A matéria (PLC 180/08) ainda será discutida em audiência pública na tarde desta segunda-feira (15), a partir das 14h, quando os senadores debaterão a proposta antes de votá-la nesta quarta-feira - o projeto deverá ser incluído novamente na pauta da CCJ na reunião desta deliberativa desta semana. Ideli sugeriu que, após a votação do projeto na CCJ, seja aprovado um requerimento de urgência para que o texto seja apreciado em Plenário no mesmo dia.

- Concluindo o assunto na CCJ pela manhã, poderemos votar a matéria em Plenário à tarde - afirmou a senadora.

Renda

O projeto, de autoria da deputada Nice Lobão, também determina que metade dessa cota seja reservada para alunos oriundos de famílias com renda de até um salário mínimo e meio per capita. Ainda estabelece que as vagas previstas no sistema de cotas sejam preenchidas por estudantes negros, pardos e indígenas, na proporção de cada segmento na população do estado onde está localizada a instituição de ensino.

No caso em que houver vagas remanescentes após a aplicação desses critérios, elas serão direcionadas a estudantes oriundos da rede pública que não se encaixem nesses parâmetros, ou seja, que venham de famílias com renda acima de um salário mínimo e meio per capita e que não sejam negros, pardos ou índios.

De acordo com a proposta, a seleção dos alunos terá como base o Coeficiente de Rendimento (CR), índice obtido pela média aritmética das notas do estudante. Essa forma de seleção, que dispensaria a necessidade de realização de vestibular, também poderá ser usada por instituições privadas, conforme sugestão contida no projeto.

Na última reunião da CCJ, o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), que propôs a realização da audiência pública, ressaltou que a matéria é complexa.

- Esse projeto muda integralmente o conceito de ingresso nas universidades existentes hoje no Brasil e, portanto, precisa ser profundamente discutido - afirmou o senador por Goiás, que recebeu o apoio do colega Antonio Carlos Junior (DEM-BA).

Já a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), relatora da matéria, lembrou que o assunto já foi discutido e aprovado na CCJ em 1999 e, depois, encaminhado à Câmara, onde recebeu o formato atual. Também informou a relatora que a redação final unifica proposições que tratam do mesmo tema.

- A proposta não promove qualquer injustiça. Até tenta suprir as injustiças já existentes na sociedade brasileira - afirmou Serys.

Valéria Castanho e Iara Altafin / repórteres da Agência Senado
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Continue lendo...

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Professores podem dar via internet a nota da "Prova Final"

A partir de hoje (15/12) até o próximo dia 24/12 os professores filiados ao SINTESE pela rede estadual e municipais poderão utilizar o site "SINTESE on line" para dar a nota do Governo Déda e dos Prefeitos para a gestão da educação pública.

O objetivo do sindicato em realizar a enquete é refletir sobre a política educacional implantada pelos prefeitos e também pelo governador. “Esse é um momento de reflexão, onde nós vemos os erros e acertos das administrações em cumprir o preceito constitucional de garantir uma educação pública de qualidade para todos”, disse o presidente do SINTESE, Joel Almeida.


VOTE AGORA


A divulgação das notascontecerá no dia 30, a partir das oito da manhã, no Calçadão da João Pessoa, durante o ato de final de ano. Seguindo exemplo de 2007 professores da rede estadual e das 73 redes municipais filiadas ao sindicato estarão dando notas a política educacional implantada em 2008 pelo governo do Estado e pelas prefeituras.

Continue lendo...

Lei do piso será julgada quarta-feira pelo STF

Nesta quarta-feira, dia 17, é um dia chave para os trabalhadores em Educação. Será o dia do julgamento, pelo Supremo Tribunal Federal, da Ação de Inconstitucionalidade da Lei do Piso Salarial Nacional. O julgamento está marcado para às 14h e terá transmissão pela TV Justiça e também pela internet.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE fará um ato público em frente ao STF na hora do julgamento. O SINTESE estará presente, representado pelo presidente Joel Almeida.

ADIN

Logo após as eleições municipais, os governadores do Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Ceará impetraram no STF uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a Lei 11.738/2008 que regulamenta o piso. A atitude gerou diversos protestos na categoria e reação dura de diversos parlamentares.

O SINTESE lamentou a ação dos governadores, mas espera que o STF confirme o que já foi ratificado pelo Poder Executivo (que enviou o projeto de lei) e pelo Legislativo (deputados e senadores aprovaram). “Esses governadores estão prestando um desserviço a educação pública brasileira”, disse Joel.

Continue lendo...

domingo, 14 de dezembro de 2008

VISITA DOS ALUNOS DA ESCOLA DO BRINQUINHO A ALDEIA DOS ÍNDIOS XOCOS

Continue lendo...

sábado, 13 de dezembro de 2008

SIMÃO DIAS: DIPLOMAÇÃO DOS ELEITOS SERÁ DIA 16!

Na próxima terça-feira,16, às 11 horas da manhã, os eleitos no último pleito estarão sendo diplomados. A solenidade será no Auditório “Carvalho Neto” no Fórum Desembargador Gervásio Prata de Carvalho. Na oportunidade, Dênisson Deda, Dr. Luiz Albérico e os nove vereadores entre eleitos reeleitos estarão recebendo seus respectivos diplomas.

FONTE:EDELSON FREITAS

Continue lendo...

RESOLUÇÃO Nº298 DO CONTRAN ACABA COM A PROFISSÃO DE MOTO-TAXI

O Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) publicou a Resolução nº. 298, revogando, a Resolução nº. 514/1977. Com isso o serviço de moto-táxi hoje utilizando em todo o país principalmente as cidades onde não existe transporte coletivo, está proibido, inclusive nas cidades onde a prefeitura regulamentou.

Essa última permitia que os veículos de aluguel - táxi, destinados ao transporte individual de passageiros, poderiam efetuar o transporte coletivo - lotação, desde que o serviço fosse regulamentado pelo poder público municipal.

Apesar de estar baseada no antigo e revogado Código Nacional de Trânsito, a Resolução nº 514/1977 estava vigente até a presente data.

A revogação atende ao pleito anterior formulado pela NTU, visto que esse tipo de serviço faz concorrência desleal aos serviços de transporte público instituídos nos municípios, principalmente nas grandes capitais.


Continue lendo...

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Governo libera saque total do FGTS para vítimas das enchentes de Santa Catarina

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou nesta quinta-feira um decreto liberando o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os atingidos pela enchente de Santa Catarina. A decisão será publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União.
O decreto de 22 de junho de 2004 já permitia o saque do FGTS, no limite de R$ 2.600, para pessoas vítimas de calamidades públicas, com a observância do intervalo de doze meses entre uma movimentação e outra.O decreto assinado nesta quinta pelo presidente, porém, permite o saque total do saldo existente na conta do contribuinte, mesmo para os que já tiverem feito saques em menos de um ano.
A solicitação de saque deve ser formalizada em até noventa dias, contados a partir da publicação do decreto no Diário Oficial. Ainda segundo o texto, no prazo de dez dias, a Caixa Econômica Federal, responsável pelo controle do FGTS, deverá definir as regras para o saque do benefício.

Continue lendo...

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Confira como ficam a nova composição das Câmaras por número de habitantes.

Cidades com até 15 mil habitantes elegerão 9 vereadores;

de 15 a 30 mil habitantes - 11 vereadores;

de 30 a 50 mil - 13 vereadores;

de 50 a 80 mil - 15 vereadores;

de 80 a 120 mil habitantes) 17 vereadores; (caso de Jandira)

de 120 a 160 mil - 19;

de 160 a 300 mil - 21;

de 300 a 450 mil - 23 vereadores;

de 450 a 600 - 25 vereadores;

e 600 a 750 mil - 27;

de 750 a 900 mil - 29;

de 900 a 1,05 milhão - 31;

de 1,05 milhão a 1,2 milhão - 33 vereadores;

de 1,2 milhão a 1,3 milhão - 35;

de 1,3 milhão a 1,5 milhão - 37;

de 1,5 milhão a 1,8 milhão - 39 vereadores.

entre 1,8 milhão a 2,4 milhões terão 41 vereadores;

de 2,4 milhão a 3 milhões - 43 vereadores;

de 3 a 4 milhões de habitantes - 45 vereadores;

de 4 a 5 milhões - 47;

de 5 a 6 milhões - 49;

de 6 a 7 milhões - 51;

de 7 a 8 milhões - 53

e com mais de 8 milhões de habitantes 55 vereadores.

Continue lendo...

CCJ aprova aumento do número de vereadores em todo o país

Comissão acolhe por unanimidade a chamada PEC dos Vereadores, que cria 24 faixas de composição das câmaras municipais, atendendo ao que estabelece a Constituição. Se promulgada a PEC, deixa de vigorar a resolução do TSE que definiu o número de vereadores por município

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou ontem por unanimidade voto favorável do relator, senador César Borges (PR-BA), à proposta de emenda à Constituição (PEC 20/08) que aumenta o número de vereadores nas câmaras municipais de todo o país. A matéria ainda terá que ser analisada pelo Plenário, necessitando, para ser aprovada, dos votos de três quintos dos senadores (49).A proposta do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), conhecida como PEC dos Vereadores, já acolhida pela Câmara dos Deputados, altera dispositivos constitucionais relativos à quantidade de vereadores e limita as despesas das câmaras municipais a percentuais sobre a receita anual dos municípios. A PEC institui 24 faixas de composição das câmaras de vereadores, com o objetivo de dar maior representatividade aos habitantes. A primeira faixa fixa o número de nove vereadores para municípios de até 15 mil habitantes. A última faixa determina o número máximo de 55 vereadores para municípios com mais de 8 milhões de habitantes.O relator, no entanto, suprimiu o artigo 2º da proposta, que tratava da limitação das despesas das câmaras municipais.César Borges decidiu separar os dois dispositivos, propondo a aprovação da parte da proposição que trata do número de vereadores e sugerindo que a outra parte (o artigo 2º, que limita as despesas dos legislativos) siga tramitando de forma autônoma. Para o relator, esse segundo dispositivo exige mais debates para ser aperfeiçoado. – É necessário reduzir as despesas das câmaras municipais. É legítima essa aspiração da sociedade brasileira, mas não se pode, entretanto, impedir as suas atividades fundamentais para a garantia da democracia na base de nosso sistema político – alertou César Borges.Vários senadores enalteceram o relatório de César Borges. Todos reconheceram que a proposta corrige distorções e aperfeiçoa a representatividade nos legislativos municipais. Para Demostenes Torres (DEM-GO), por exemplo, a saída apresentada pelo relator vem ao encontro dos vereadores brasileiros, já que restabelece o número de representantes municipais fixados pela Constituição. Em 2004, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) baixou a Resolução 21.702, distribuindo o número de vereadores de cada município em 36 faixas. A resolução baseou-se em decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de que não cabia aos municípios, como vinha ocorrendo, a definição do número de vereadores. As instruções do TSE, observou César Borges, criaram o que chamou de padronização exagerada nos legislativos municipais, privilegiando, assim, as maiores câmaras.

Continue lendo...

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Líder discorda de análise negativa que professores fizeram sobre o governo Déda

Um documento elaborado por trabalhadores da educação em Sergipe após a participação num congresso estadual da categoria serviu de pauta para que o líder da oposição na Assembléia Legislativa, deputado Venâncio Fonseca (PP), reforçasse suas criticas direcionadas ao governo de Marcelo Déda. No documento os trabalhadores ligados a um agrupamento do Partido dos Trabalhadores apontam supostos erros administrativos e criticam ferozmente a atuação do executivo estadual.
Para o líder do governo, deputado Francisco Gualberto (PT), é normal a discussão feita por uma categoria de trabalhadores, mas neste caso os exageros são evidentes. "Trabalhadores têm o direito de fazer a análise que desejar sobre o nosso governo e eu respeito a autonomia, não só dos professores, como de qualquer outra categoria. Mas nem por isso devo concordar, porque não existe convencimento em vários pontos abordados", disse.
"Não vou tecer comentário sobre o documento nem tomar como parâmetro para a visão que tenho sobre o nosso governo. Respeito, mas não tomo como parâmetro", advertiu Gualberto, lembrando que nos partidos de esquerda existe a pluralidade dentro das discussões. "E esse é o ponto mais forte do Partido dos Trabalhadores, que é o direito de divergir, discutir e defender teses diferenciadas diante de uma certa conjuntura política", garante o parlamentar petista.
Francisco Gualberto também adverte para o fato de o documento citado ter sido elaborado para discussão interna dentro do agrupamento Opção de Esquerda, o que não justifica a exploração feita pela oposição ao governo. "Pelo menos no nosso agrupamento, o PT Classista, esses documentos não são para divulgação pública. São para análise interna, mas não sei de que forma o deputado Venâncio conseguiu", disse.
Em relação ao conteúdo do documento, até então desconhecido do próprio Gualberto, ele assegurou que discorda de vários pontos apresentados e assume desde já que é a favor da reeleição de Marcelo Déda, um dos itens questionados pelos professores. "Não existe pecado nisso. Precisamos fazer isso, porque não é possível consertar este Estado todo em quatro anos de mandato, diante do que encontramos", defendeu.
Sobre projetos de desenvolvimento do Estado, o líder respondeu lembrando que justamente nesta terça-feira a secretária do Planejamento, Lúcia Falcon, apresentou o programa 'Desenvolver Sergipe', que trata-se de um plano de desenvolvimento sustentável para os próximos 10 anos. "Significa dizer que nosso governo não olha somente para o seu umbigo". O deputado falou ainda sobre o superávit registrado pelo atual governo no final deste segundo ano de mandato.
"O fato de o Estado ter dinheiro em caixa é positivo. Em dezembro de 2006 os cofres deste Estado estavam com o saldo zero de recursos. Recebemos com R$ 11 milhões em caixa, mas R$ 11 milhões a pagar. Portanto, saldo zero", explicou Gualberto. "Hoje temos R$ 974 milhões de superávit, mas corresponde ao montante do Estado relativo aos vários poderes. Todo mundo sabe que este não é um dinheiro à disposição do Estado para investimentos aleatórios".
Ainda sobre o documento, o deputado considera "equívoco de análise" misturar fundações estatais de direito privado, na área da saúde, com o programa de parceria público-privado. "Não tem nada a ver uma coisa com a outra. As fundações não têm qualquer tipo de participação direta ou indireta de iniciativa privada no Estado. É totalmente estatal. Já o outro é um projeto de parcerias mesmo".
Quanto ao magistério estadual, que originou o polêmico documento, Francisco Gualberto disse que os avanços no governo Marcelo Déda são evidentes. Entre eles, o aumento no valor de interiorização, reestabelecimento da progressão automática, aumento da regência de classe, preparação do projeto de gestão democrática, que está prestes a ser votado na Assembléia, entre outros.

Continue lendo...

Vereadores estão chateados com a postura de Fábio Henrique

Ne Notícias publica a seguir texto de e-mail enviado por vereadores de Nossa Senhora do Socorro:
O prefeito eleito de Socorro, Fábio Henrique, esta convidando os colegas da imprensa para um café da manhã, hoje, 10, às 7h, no Centro Social Maria Ribeiro Franco. Na oportunidade, o prefeito eleito apresentará o secretariado de seu governo e o projeto de desenvolvimento para a cidade.
Mas será que os vereadores atuais e eleitos não estão dentro do projeto do futuro administrador? Este é o questionamento de todos eles, pois ambos não foram convidados para a solenidade. Embora o café da manhã seja segundo a sua assessoria, para a imprensa, Fábio Henrique deveria levar em conta que os vereadores eleitos e reeleitos ao quais não foram convidados, são os mesmos que irão aprovar os projetos para a cidade de Socorro. É lamentável essa falta de comunicação, pois a imprensa saberá antes mesmo que seus vereadores dos projetos da nova administração.

Continue lendo...

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Brasileiro passa mais de 24h por mês na web, diz estudo

O brasileiro passa, em média, mais de um dia por mês navegando na internet, segundo revelou pesquisa Ibope//NetRatings, divulgada hoje. De acordo com o levantamento, o tempo de navegação por pessoa em outubro foi de 24 horas e 41 minutos. O resultado representa um aumento de 4,7% em relação a setembro e de 6,4% na comparação com outubro do ano passado.Entre os dez países pesquisados no estudo, o Brasil é o que apresentou o maior tempo de navegação, em média. Segundo o levantamento, os países que mais se aproximaram do Brasil em tempo individual de navegação foram a França, que chegou a 23 horas e 10 minutos, e o Reino Unido, com 23 horas e 4 minutos.O número de internautas residenciais ativos no Brasil em outubro foi de 24,4 milhões de pessoas, número 3% menor do que o de setembro, mas 19,1% superior ao de 19,9 milhões de outubro do ano passado. O número de pessoas que moram em residências onde há pelo menos um computador com acesso à internet foi de 36,3 milhões em outubro, mesmo resultado de setembro. Já o número de brasileiros com 16 anos ou mais e acesso à internet em todos os ambientes, como residência, trabalho, biblioteca ou lan house, subiu de 42 milhões no segundo trimestre para 43,1 milhões no terceiro trimestre do ano.Os sites de relacionamento foram os campeões de audiência em outubro, segundo a pesquisa. "Em outubro de 2008, a participação de redes sociais, blogs, fóruns e outros sites de grupos de interesse foi de 34,5% do tempo total navegado", informou José Calazans, analista de mídia do Ibope//NetRatings. "Mas, neste momento, também cresce o tempo por pessoa em sites de vídeos, e-mail, buscadores, serviços de armazenamento de dados, notícias e games."NotíciasO levantamento mostrou que as categorias que tiveram o maior aumento porcentual de audiência entre setembro e outubro foram "Ocasiões Especiais", com alta de 4,2%, e "Finanças e Investimentos", com avanço de 3,5%. A crise financeira elevou a procura por sites de notícias e informações sobre economia e finanças para 11,6 milhões de usuários únicos - um crescimento de 12,4% desde setembro e de 23,8% desde agosto.A audiência de sites de notícias em geral também cresceu em outubro, por conta da busca por informações sobre os resultados das eleições municipais, revelou a pesquisa. A audiência da subcategoria "Eventos Correntes e Notícias Globais" subiu de 12,8 milhões de usuários únicos em setembro para 13,5 milhões em outubro.No acumulado de 12 meses, as categorias que mais cresceram foram "Viagens e Turismo", com alta de 33,4%, seguida por "Automotivo", com expansão de 26,9%, "Notícias e Informações", com aumento de 25,7%, e "Finanças e Investimentos", com expansão de 24,2%.
celularAssine()
Receba esta notícia no celular

Continue lendo...

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Confira gabarito da 1ª prova do vestibular UFS

click e veja:

Continue lendo...

Professores avaliam gestão educacional em ato de final do ano

O SINTESE realiza dia 30, a partir das oito da manhã, no Calçadão da João Pessoa, o ato de final de ano. Seguindo exemplo de 2007 professores da rede estadual e das 73 redes municipais filiadas ao sindicato estarão dando notas a política educacional implantada em 2008 pelo governo do Estado e pelas prefeituras.

A partir do dia 12 o sindicato estará distribuindo as cédulas onde os professores vão avaliar: revisão salarial em 2008, transporte e merenda escolar, estrutura das escolas, relação do poder executivo com os professores, entre outros. Até o dia 19 as urnas serão recolhidas e os dados tabulados na sede do SINTESE. De acordo com a diretoria do sindicato o resultado só será apresentado dia 30. Responderão a pesquisa professores de 407 escolas da rede estadual e aproximadamente 1600 escolas municipais.

O objetivo do sindicato em realizar a enquete é refletir sobre a política educacional implantada pelos prefeitos e também pelo governador. “Esse é um momento de reflexão, onde nós vemos os erros e acertos das administrações em cumprir o preceito constitucional de garantir uma educação pública de qualidade para todos”, disse o presidente do SINTESE, Joel Almeida.

Piso

O ato não será somente um momento de mostrar a sociedade sergipana a opinião dos professores sobre a política educacional da rede pública, mas também de reforçar a defesa do Piso Salarial Profissional Nacional que será implantado a partir de 01 de janeiro de 2009. “O cenário de implantação do piso tanto nas redes municipais quanto na rede estadual é nebuloso, os gestores devem cumprir a lei e implantar o piso, mas não tem havido discussão concreta, por parte dos gestores, de como esse piso está sendo construído”, disse o vice-presidente do sindicato, Carlos Sérgio Lobão.

Notas

Ano passado os professores da rede estadual deram nota 3,4 a política educacional implantada pelo governo Marcelo Déda. Nas redes municipais as maiores notas ficaram com os municípios de: Brejo Grande (5,6), Riachão do Dantas (6,8), Riachuelo (5,1), Santana do São Francisco (5,6) e Telha (6,9). As piores notas ficaram com Capela e Gararu (0.6) e Salgado com (0,8).

Continue lendo...

PROJETO: A FORMAÇÃO DA CULTURA BRASILEIRA

Continue lendo...

domingo, 7 de dezembro de 2008

ProUni: última semana de inscrição

Os estudantes que desejam concorrer às 156.416 bolsas de estudo do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm prazo até a próxima sexta-feira, 12, para fazer a inscrição. A coordenação do programa recomenda atenção aos candidatos para a data e o horário (21h, horário de Brasília).

Estão disponíveis 95.694 bolsas integrais e 60.722 bolsas parciais, que pagam 50% da mensalidade do curso em instituição particular de ensino superior. Para concorrer, o estudante deve ter feito do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2008 e obtido média de, no mínimo, 45 pontos entre as notas da redação e da prova objetiva. Deve atender também a outros critérios, entre eles a renda mensal por pessoa da família e ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em escola privada, na condição de bolsista integral.

Para fazer a inscrição, o aluno deve ter os números do Enem de 2008 e do CPF (Cadastro de Pessoa Física). Do dia 24 de novembro, quando começaram as inscrições, até esta sexta-feira, 5, já fizeram a inscrição 320 mil candidatos. A página eletrônica do ProUni traz informações detalhadas sobre critérios, renda, vagas por estado e por instituição, cursos, turnos, tipos de bolsas e a ficha de inscrição.

Continue lendo...

Número de mortos em Santa Catarina sobe para 122

BRASÍLIA - A Defesa Civil de Santa Catarina confirmou no fim da tarde desta sábado a morte de mais duas pessoas que estavam desaparecidas em Gaspar. Com isso, o número de mortos no Estado subiu para 122.

A lista de desaparecidos, agora, tem 29 nomes: 21 em Ilhota, sete em Gaspar e uma em Luís Alves. Em Gaspar, onde os últimos óbitos foram registrados, o número de vítimas fatais já chega a 19.

As mortes ocorreram por soterramento, devido a um deslizamento de terra registrado há uma semana. As duas vítimas não tiveram os nomes divulgados.

O total de pessoas desabrigadas e desalojadas, de acordo com o último boletim divulgado, segue em 32.946. Blumenau tem o maior número de pessoas fora de casa devido aos estragos da chuva, com um total de 4.997 desabrigados. Em seguida, está Itajaí, com 169, e Rodeio, com 140. Os Municípios de Gaspar, Ilhota e Luís Alves ainda estão contabilizando os números.

No domingo, o governador do Estado, Luiz Henrique, e o vice-governador, Leonel Pavan, visitam a cidade de Ilhota, também atingida por enchentes e por deslizamentos de terra.

O secretário de Desenvolvimento Regional de Blumenau, Paulo França, e o prefeito de Ilhota, Ademar Felisky, também participam da vistoria. O objetivo, de acordo com a Defesa Civil de Santa Catarina, é buscar soluções e possibilidades para a reconstrução das áreas afetadas pelos temporais.

Acompanham a reunião a secretária estadual de Assistência Social, Trabalho e Habitação, Dalva de Luca Dias; o secretário da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Antônio Ceron; o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Eliésio Rodrigues; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, coronel Álvaro Maus; o diretor estadual de Defesa Civil, major Márcio Luiz Alves; o presidente da Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão), Murilo Xavier Flores; e o presidente da Cidasc (Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola), Edson Henrique Veran.

Continue lendo...

sábado, 6 de dezembro de 2008

VIDEO DA ESCOLA OTAVIANA ODILLIA DA SILVEIRA

APRESENTAÇÃO DO PROJETO II PARTE - DANÇA DOS INDIOS

Continue lendo...

Aprovação do presidente Lula bate recorde, mostra Datafolha



SÃO PAULO - A taxa de aprovação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva bateu novo recorde em novembro, atingindo o maior patamar já registrado por um presidente brasileiro desde a redemocratização do País, mostrou pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira.


Governo Lula tem aprovação recorde de 69%, mostra pesquisa CNI/Ibope
Ricardo Kotscho: Só más notícias, e Lula bate novo recorde


Getty Images

Lula bate recorde de aprovação

De acordo com levantamento publicado no jornal "Folha de S.Paulo", a avaliação positiva (soma de notas ótimo e bom) do presidente atingiu 70%, batendo o recorde anterior, que também já era de Lula, de 64% de aprovação em setembro.

O levantamento mostra que 23% avaliam o presidente como regular e 7% como ruim ou péssimo.

A pesquisa, feita entre os dias 25 e 28 de novembro, mostra que Lula conta com avaliação positiva em todos os segmentos socioeconômicos e regiões do País.

O levantamento foi publicado em uma semana em que foram feitos anúncios de demissões em grandes companhias do País, como a Vale, e em que a indústria informou que as vendas de veículos despencaram pelo segundo mês consecutivo em novembro.

De acordo com o Datafolha, o resultado da nova avaliação positiva foi influenciado principalmente pela diminuição dos que responderam que o governo tem desempenho regular: de 28% na última pesquisa, em setembro, o índice caiu para 23%. De 0 a 10, a nota média do governo ficou em 7,6, contra 7 no levantamento passado.

A pesquisa mostra ainda que a Região Nordeste continua como a que mais bem avalia a gestão de Lula. Dos entrevistados, 81% dos nordestinos avaliam o governo como ótimo ou bom. No levantamento de setembro, a marca foi de 75% na região.

De todas as áreas do governo petista avaliadas, a econômica foi a que teve um resultado melhor na avaliação espontânea, segundo os brasileiros consultados: 17% apontaram a economia como o setor de melhor desempenho. Educação foi citada por 12% dos entrevistados e o combate à fome e à miséria, por 11%. Na pergunta estimulada sobre as áreas do governo, 61% avaliaram a gestão Lula na economia como ótima ou boa. Ainda de acordo com a pesquisa, 27% disseram não ter tomado conhecimento da crise financeira mundial e 14% afirmaram estar bem informados sobre o assunto.


O levantamento apurou, também, que 27% dos brasileiros ainda não tomaram conhecimento da atual crise financeira internacional.

O Datafolha ouviu 3.486 pessoas, com mais de 16 anos de idade, em todo País. A margem de erro máxima é de 2 pontos percentuais, para cima ou para baixo.

Presidentes anteriores

As melhores notas obtidas pelos presidentes que antecederam Lula no cargo depois da redemocratização do Brasil no final dos anos de 1980 estão longe do patamar alcançado pelo petista.

O melhor desempenho registrado pelo tucano Fernando Henrique Cardoso, por exemplo, foi 47% de aprovação em dezembro de 1996. Itamar Franco obteve 41% de avaliação positiva em dezembro de 1994, seguido por Fernando Collor, que em junho de 1990 registrava 36% de avaliação postiva entre os brasileiros.

Continue lendo...

VÍDEO DA ESCOLA DO BRINQUINHO

APRESENTAÇÃO DO PROJETO A FORMAÇÃO DA CULTURA BRASILEIRA.

Continue lendo...

FOTOS DO PROJETO DA ESCOLA DO BRINQUINHO

video

Continue lendo...

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

PROJETO:FORMAÇÃO DA CULTURA BRASILEIRA E CIDADANIA



ESCOLA MUNICIPAL OTAVIANA ODILLIA DA SILVEIRA
PROJETO: FORMAÇÃO DA CULTURA BRASILEIRA E CIDADANIA
POVOADO BRINQUINHO-SIMÃO DIAS/SE, 05/12/2008

Este projeto foi desenvolvido na Escola Municipal Otaviana Odíllia da Silveira, situada no Povoado Brinquinho, no Município de Simão Dias - SE, no período do segundo semestre do ano letivo em curso, no Ensino Fundamental.
O Projeto: Formação da Cultura brasileira e Cidadania foi abordado a partir de atividades produtivas e reflexivas, levando uma mensagem de compreensão do tema estudado, possibilitando mais do que informações e conceitos, trabalhando com atitudes e formação de valores.
Desta forma, procuramos levar aos nossos educandos uma mensagem de compreensão e conhecimento sobre toda diversidade cultural existentes em todo mundo, incentivando os mesmos a desenvolverem a capacidade de respeitar esta diversidade cultural, através dos seguintes sub-temas: cultura indígena, cultura portuguesa, cultura africana, imigrantes, racismo, cidadania, miscigenação, entre outros. Dentro destes sub-temas trabalharemos os seguintes conteúdos programados:
INDIOS
. Quantos eram, quantos são?
. Línguas;
. Economia de subsistência;
. Estrutura social e política - Educação família; Relações pessoais;
Cotidiano - medicina, instrumento de trabalho, guerra, caça, utensílios, artesanato;
· Cultura;
· Religião;
. Gastronomia;
· Danças e tradições;
. Músicas;
· Principais etnias;
· Moradia
.Doenças;
· Religião que mais estão fixados - A questão da terra (onde vivem);
. O índio na atualidade: Preconceito e discriminação, cidadania; condições econômicas e sociais, educação.
PORTUGUESES
· A chegada dos portugueses;
. Contexto histórico;
· Quantidade;
· Os primeiros contatos com os índios;
· Processo de colonização;
. Idioma;
. Religião;
. Gastronomia;
· Cultura;
· Festas e tradições;
· Influencia portuguesa na cultura brasileira.
AFRICANOS
· Contexto histórico;
· O trajeto do tráfico (principais rotas entre a África e a América);
· Idioma e a imposição do idioma português;
· Região onde mais se fixaram no Brasil;
.Quantidade de africanos que entraram no Brasil;
· Contribuição cultural e econômica para o nosso país: Gastronomia, músicas, danças, festas e tradições, religião;
· Processo de abolição;
· Instrumentos usados para punir e humilhar os escravos;
· Os escravos;
· Quilombos e remanescentes de quilombos;
· Zumbi;
· Recuperação da auto-estima;

IMIGRANTES
. Fluxo migratório ( quantidade ou percentual de imigrante);
· Discriminação que foram submetidos;
· Região de onde vieram;
· Contexto histórico - Motivos da imigração;
· Tipos de sociedade;
· Religião;
· Idioma;
· Gastronomia;
· Festas e tradições;
· Danças;
· Vestuário;
· Esporte;
· Arte;
· Diversão;
· Música;
· Contribuição cultural e econômica para o nosso país;
· Atividade econômica que se dedicaram no Brasil;
· Periodização de maior fluxo;
· Colônias de imigrantes (onde fixaram);
Utilizando os procedimentos metodológicos que serão aplicados em sala de aula durante todo o desenvolvimento do projeto:
· Pesquisa;
· Textos informativos;
· Músicas;
· Desenho; · Cartazes;
· Filmes;
· Jograis;
· Confecção de painéis;
· Dança;
· Exercícios orais e escritos;
· Debates;
· Entrevista, entre outros.

Continue lendo...

Quem deve até R$ 10 mil à União terá nome limpo em 60 dias

BRASÍLIA - O procurador-geral da Fazenda Nacional, Luís Inácio Lucena Adams, anunciou nesta quinta-feira que a Medida Provisória 449, que perdoa as dívidas de até R$ 10 mil de pessoas físicas e jurídicas que estejam há mais de cinco anos inscritas na dívida ativa da União, irá eliminar 2 milhões de processos (de 453 mil pessoas físicas e 1,6 milhão de empresas) e representará renúncia fiscal para o governo federal de cerca de R$ 3,56 bilhões.
A MP 449 foi publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União e tem efeito imediato. Segundo o procurador, “em 30 dias, no mais tardar, em 60 dias” os nomes dos devedores deverão sair do cadastro.

A renegociação de débitos de até R$ 10 mil para os que não completaram cinco anos inscritos na dívida ativa também é previsto na MP. Estes contribuintes poderão optar por pagar a dívida à vista ou em até seis prestações, com isenção de multa e redução de 30% nos juros. Se o pagamento for feito em até 30 parcelas, o desconto nos juros é maior, será de 60%, mas as multas permanecem. Se a escolha for de 60 prestações mensais, o valor das multas terá uma redução de 40%.
Adams também explicou que a MP 449 permite o reparcelamento de dívidas das empresas incluídas no Refis (Programa de Recuperação Fiscal). Para pagamento à vista ou em até seis vezes haverá isenção total do encargo legal e dos juros, além de desconto de 30% sobre os juros de mora. Em 24 prestações, o desconto será de 80% dos valores da multa e 30% nos juros.
Segundo dados do Ministério da Fazenda, o total da dívida ativa da União é de pouco mais de R$ 1,3 trilhão.
Tramitação no Congresso
Segundo o procurador-geral da Fazenda, devem ser encaminhados nos próximos dias ao Congresso Nacional quatro projetos de lei – sendo um deles de lei complementar – tratando da reestruturação do modelo de gestão da dívida ativa.
Na avaliação dele, os parlamentares não deverão se opor às propostas. “Do ponto de vista dos projetos de lei, não vejo [que a oposição irá deixar de votá-los]. É um projeto estruturante do modelo de dívida ativa da União. Em relação à medida provisória, eu imagino que eles deverão aprovar. Ela já vem sendo pensada há bastante tempo. Ela foi atrasada por causa da crise. Ela podia ter saído antes, se não fosse a crise”.
Esta semana, o ministro da Fazenda Guido Mantega havia se reunido com líderes do governo e da oposição para anunciar que seria editada a MP 449. No final de novembro, ele também havia conversado com os deputados.

Continue lendo...

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Professores paralisam as aulas e ocupam a ALESE

Os professores da rede estadual realizaram nesta terça-feira, ato público na praça Fausto Cardoso e em frente a Escola do Legislativo e ocuparam as galerias da Assembléia Legislativa.
Ao final do ato os educadores decidiram adiar a assembléia geral da categoria de 09 para o dia 11 de dezembro às 15h no Instituto Histórico. A mudança de data é para abrir mais espaço para negociação do projeto que regulamenta a Gestão Democrática.
O objetivo da paralisação foi buscar uma resposta do governo do Estado sobre em que bases o Piso Salarial Nacional será implantado em Sergipe e a ida do projeto de lei que regulamenta a Gestão Democrática para a Assembléia Legislativa. “Nós não sabemos como o governo está construindo a implantação do piso, os professores sabem que ele será implantado a partir de 01 de janeiro, mas como será é a grande dúvida da categoria”, disse o presidente do SINTESE, Joel Almeida.
A preocupação do sindicato aumento depois que a secretária adjunta de Educação, Hortência Araújo, anunciou na reunião da comissão que estudava o piso que a sua aplicação seria discutida na mesa geral de negociação.
ALESE
Na Assembléia Legislativa os professores tiveram a garantia do deputado Francisco Gualberto, líder do governo na ALESE, que conversaria com o governador Marcelo Déda na tarde desta terça ou no máximo na segunda-feira à tarde sobre o ponto de tensão do projeto da Gestão Democrática.
A única discordância entre o sindicato a Secretaria de Estado da Educação - SEED sobre o projeto de lei da gestão se refere a forma de se dar a eleição. A SEED propõe somente uma prova para os que se interessarem em candidatar-se. Somente aqueles que tiverem média acima de sete pode entrar no processo eleitoral. Nas escolas aonde nenhum professor chegar a média mínima não haverá eleição e a SEED indica o diretor.
Para o sindicato a gestão que a secretaria propõe não é democrática e sim meritocrática. A proposta do SINTESE é que os interessados em concorrer ao cargo de diretor façam cursos de formação pela Universidade Federal de Sergipe antes e depois do processo eleitoral. “Nossa proposta visa qualificar os professores para que inclusive eles possam contribuir no processo de gestão da escola”, disse o diretor de Comunicação do SINTESE, Roberto Silva dos Santos.

Continue lendo...

Câmara aprova obrigação de escola dar informação a pais separados

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou hoje, em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 237/07, do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), que obriga as escolas a enviar aos pais que não convivem diariamente com os filhos informações sobre a freqüência e rendimento do aluno e sobre a execução da proposta pedagógica da escola. Por ter sido modificado na Câmara, o projeto volta para o Senado.O projeto altera a redação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação - LDB (9.394/96). Ao listar as obrigações das escolas, a lei diz: informar os pais e responsáveis sobre a freqüência e o rendimento dos alunos, bem como sobre a execução de sua proposta pedagógica. A proposta aprovada altera a redação desse item, deixando-o da seguinte forma: informar pai e mãe, conviventes ou não com seus filhos, e, se for o caso, os responsáveis legais, sobre a freqüência e rendimento dos alunos, bem como sobre a execução da proposta pedagógica da escola.A Câmara fez apenas uma alteração de redação no projeto, que não afeta o mérito da proposta. A relatora do projeto na CCJ, Maria do Carmo Lara (PT-MG), deu parecer favorável.A CCJ analisou a proposta apenas quanto aos seus aspectos de admissibilidade, ou seja, se estava de acordo com a Constituição e com as normas gerais do Direito. O mérito do projeto foi analisado pela Comissão de Educação, que também o aprovou.

Continue lendo...

ARRECADAÇÃO FUNDEB 2008

NOVEMBRO 2008/2007

R$ 896.909,11 (2008)
R$ 648.465,22 (2007)

Continue lendo...

Estudante sergipano ganha programa Jovem Embaixador e vai para EUA

O estudante do Colégio Atheneu Sergipense, Sillas Moraes da Silva, 18, foi o único sergipano aprovado na edição de 2009 do Programa Jovens Embaixadores, financiado pela Embaixada dos Estados Unidos em parceria com organizações dos setores públicos e privados do Brasil. Agora em janeiro, Sillas passará cinco dias na capital dos Estados Unidos, seguido de nove dias em outro estado nos Estados Unidos, hospedado na casa de uma família americana, assistindo aulas em escolas de ensino médio americanas e fazendo apresentações sobre o Brasil para seus novos amigos nos Estados Unidos.
Esse ano, três mil crianças, entre 15 e 18 anos, matriculadas em escolas públicas de todo o Brasil se submeteram ao rigoroso processo de seleção do programa. No entanto, apenas 35, entre elas o sergipano Sillas Moraes, conseguiram ser aprovadas. "Foram uma série de fases, com prova escrita, oral, entrevista, apresentação de documentos... No final do processo, depois que você é aprovado, ainda há milhares de requerimentos que tem que atender e documentos para a seleção inicial, ainda visitaram minha família para saber as condições de vida aqui em casa", informou Sillas Moraes, ainda explicando que desde o primeiro ano do programa é participante. O último sergipano a ser aprovado nessa seleção da Embaixada dos Estados Unidos foi no ano de 2006.
Sillas Moraes estuda Inglês desde a 5º série, mas foi por conta do programa que começou a se interessar mesmo pela disciplina. "Estudava inglês, mas era só o básico, na escola. Depois que entrei no Atheneu e soube do programa é que comecei a estudar mesmo, sozinho em casa", explica. A vitória do sergipano, além de seu esforço pessoal, pode ter sido também fruto da bolsa de estudos que ganhou recentemente de uma escola de idiomas da capital, reconhecendo o esforço do jovem. "Ajudou muito nos conceitos. Eu nunca tinha feito curso de inglês antes", diz.
O Programa Jovens Embaixadores, iniciativa de responsabilidade social da Embaixada dos Estados Unidos em parceria com organizações dos setores público e privado, é voltado para estudantes brasileiros de destaque, com consciência cidadã e que pertençam à camada sócio-econômica menos favorecida. Em sua sexta edição, o Programa Jovens Embaixadores será realizado nos Estados Unidos de 10 a 24 de janeiro de 2009. O programa é integralmente financiado pela Embaixada dos Estados Unidos, sem qualquer custo para o estudante selecionado.

Continue lendo...

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

SAIBA QUEM SÃO OS DEZ MAIORES DEVEDORES DO ESTADO

Veja a seguir:
PETROBRAS R$ 184.302.000,00
SANTANA AGRINDUSTRIAL LTDA R$ 107.307.000,00
TELEMAR R$ 76.947.000,00
CORREIOS R$ 56.350,000,00
EMS S.A R$ 54.312.000,00
FRUTOS TROPICIAIS S.A. R$ 51.615.000,00
ENERGISA R$ 43.524.000,00
AGRO-INDUSTRIAL R$ 40.238.000,00
VIEIRA SAMPAIO R$ 38.739.000,00
FRUTENE R$ 38.304.000,00

TOTAL R$ 691.638.000,00
Essa dívida corresponde a 27,66% de R$ 2,5 bilhões de processos fiscais inscritos na dívida ativa do Estado (Balanço de 2007)

Continue lendo...

Reunião da comissão do piso frustra SINTESE

O resultado da reunião da comissão formada para discutir os impactos do piso na folha de pagamento realizada na manhã desta terça, 02, na SEED, foi de frustração para o sindicato.
A secretária adjunta de Educação, Hortência Barreto, que presidiu a reunião, anunciou a partir de simulações feitas pela Secretaria de Estado da Administração quanto a adoção do piso geraria de impacto na folha de pagamento da Educação, algo em torno de R$21 milhões.
Hortência disse também que essa era a última reunião da comissão e que a discussão de como será implantado o piso na rede estadual será feita em nível de governo e não mais com a SEED. O anúncio da SEED frustrou o sindicato. Para o SINTESE os três meses em que duraram a comissão não foram proveitosos, pois no momento de decidir, a secretaria repassou a responsabilidade.
Paralisação
Nesta quarta os professores da rede estadual se reúnem em ato público, a partir das 8h, na praça Fausto Cardoso, em frente a Escola do Legislativo. Os educadores pretendem também ir a Assembléia Legislativa solicitar aos deputados apoio para implementação do piso salarial e também aguardarem a chega do projeto que regulamenta a Gestão Democrática.
PGE
Outro ponto que preocupa o magistério estadual é o parecer da Procuradoria Geral do Estado sobre a Lei do Piso. A PGE sugere que para pagar o piso o governo pode usar como alternativa transformar a remuneração dos professores em subsídio. Essa postura não é interessante para a categoria.
Isso sem contar a orientação para criar duas tabelas salariais: uma para os professores que estão nas unidades escolares e para os que estão em órgãos ligados SEED. A conseqüência dessa “sugestão” é a quebra da isonomia entre os educadores. Infelizmente a PGE mais uma vez apresenta um parecer que prejudica os trabalhadores.
“Os professores querem saber como o governo está construindo o processo de implantação do piso. Se essa construção for baseada integralmente no parecer do PGE, vislumbramos sérios problemas com a categoria.”, disse o presidente do SINTESE, Joel Almeida.

Continue lendo...

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

As chuvas que atingiram o estado já causaram 116 mortes

Vítimas das enchentes começam a chegar em hospital da FAB
Unidade tem capacidade para receber 400 pacientes por dia.Serão atendidos apenas os encaminhados pela rede pública de saúde.
Luciana Rossetto Do G1, em Itajaí (SC)

Hospital da FAB em Itajaí
Os primeiros pacientes começam a chegar ao hospital de campanha da Força Aérea Brasileira (FAB), em Itajaí (SC). A unidade de saúde começou a funcionar nesta segunda-feira (1º) e atenderá vitimas da enchente que atingiu o estado. O hospital está localizado no entroncamento da Rodovia Jorge Lacerda com a BR 101.

Veja fotos da chuva em SC

Confira a cobertura completa

Saiba como ajudar as vítimas A unidade tem capacidade para atender 400 pessoas por dia em cinco especialidades: pediatria, ginecologia, ortopedia, clínica e odontologia. A expectativa é receber pacientes de Itajaí, Ilhota, Navegantes e Gaspar.

saiba mais
Mais de 800 animais mortos em SC são enterrados, diz Defesa Civil
Após chuva e deslizamentos em SC, BR-101 é liberada
Cerca de 80 pessoas vão trabalhar no hospital, incluindo 35 médicos da FAB. De acordo com a FAB, serão atendidos apenas pacientes encaminhados pela rede pública de saúde. As vítimas chegarão ao local por ambulâncias e veículos das prefeituras.

Estragos
As chuvas que atingiram o estado já causaram 116 mortes, desde o fim de semana passado. Mais de 78 mil pessoas tiveram que deixar suas casas e seguiram para abrigos públicos ou residência de familiares e amigos. Pelo menos 19 permanecem desaparecidas. Ao todo, mais de 1,5 milhão de pessoas foram afetadas. Os óbitos ocorreram nas seguintes cidades: Brusque (1), Gaspar (16), Blumenau (24), em Jaraguá do Sul (13), Pomerode (1), Bom Jardim da Serra (1), Luiz Alves (8), Rancho Queimado (2), Ilhota (37), Benedito Novo (2), Rodeio (4), Itajaí (2), São Pedro de Alcântara (1) e Florianópolis (1).

Continue lendo...

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

A Civilização Chinesa

A civilização chinesa é sem dúvida uma das mais antigas civilizações de que se tem notícia, mas os dados de que dispõe a História estão longe de poder corroborar a afirmação de que esta civilização seria a mais antiga do mundo. Informalmente afirma-se que esta civilização possuiria algo em torno de dez mil anos de existência, contudo tal afirmação não encontra fundamento documental algum, mas apenas especulações e um problema de datas criado em razão de uma descoberta de fósseis no norte da China e sua associação a uma suposta era glacial que, segundo alguns, teria ocorrido há cerca de vinte mil anos atrás. Nada há porém que possa confirmar tal afirmação. Outro dado curioso é o fato de serem atribuídos a esta civilização méritos por grandes legados históricos que esta antiga civilização nos teria deixado. Muitos, sem conhecerem absolutamente nada da história daquele povo, fazem apologia da sabedoria milenar chinesa, porém se tal sabedoria já pôde beneficiar eficazmente algum povo, certamente que este povo não foi a China. O que de mais antigo se pode comprovar a respeito do surgimento de uma civilização onde hoje é a atual China, data de cerca de 2000 anos AC. Alguns livros de História registram que até 1800 AC a China era habitada por tribos nômades, com referência a uma dinastia (lendária ou não) chamada de Hsia. A mais antiga das dinastias chinesas que pode ser associada ao surgimento de um estado com data verificável, é a dinastia Shang, também chamada de Yin. Esta dinastia é a primeira com história documentada da história da China. Esta dinastia teria reinado da data de 1766 AC a 1122 AC, pois existe substanciais divergências de datas na historia das dinastias chinesas. Achados arqueológicos apontam para a construção de cidades no norte da China, na parte oriental do rio Amarelo, razão pela qual foram chamados de a civilização do rio Amarelo. Estas construções foram empreendidas no período da dinastia Shang. Este povo é considerado como sendo da idade do bronze. O trabalho em bronze parece ter entrado na China por volta de 2000 AC, cerca de mil anos após a sua invenção na Mesopotâmia. Sua organização e estratificação social existia em uma confederação cidade-estado, composta de um rei, oficiais e o povo. O governante pertencia à dinastia Shang cujo reinado se estendia a partir da planície do norte da China até onde hoje é a província de Shantung. A sociedade era fundamentalmente agrícola, possuindo, porém, um largo exército. A arte Shang consistia de bronze, cerâmica e de ornamentos de jade, e neste período desenvolveram um sistema de escrita pictográfico ou seja, as palavras eram representadas por desenhos, tendo como remanescentes apenas os inscritos em bronze e em ossos de oráculos. Posteriormente desenvolveu-se um método de escrita ideográfico mais complexo, que mais se aproxima da escrita chinesa dos anos mais recentes. Os Shangs eram adoradores da terra e de outras deidades da natureza para as quais ofereciam sacrifícios humanos e comunicavam-se com o sobrenatural através de oráculos de ossos. Os Shang adoravam também uma figura a que chamavam de Shang Ti, ou senhor no alto. Este deus reinava sobre outros deuses inferiores da natureza, do sol, da lua, do vento, da chuva, etc...Shang-Ti, segundo eles, também governava as atividades humanas bem como o universo material. Esta dupla função iria na dinastia Chou ser atribuída a uma figura mais abstrata chamada de tien ou céu. A segunda dinastia, Chou, 1122-221 AC, governou a China por quase mil anos estabelecendo características políticas e culturais políticas que seriam identificadas com a China pelos dois mil anos seguintes. As investigações sugerem que se tratava de um povo bárbaro seminômade que habitava o extremo ocidental da planície do norte da China. Era um sistema composto por uma série de estados feudais sem um governo centralizado. Ao se examinar o comportamento social chinês deste período o que vemos é uma civilização bárbara, desorganizada, sem leis gerais onde prevalecia um estado de constante anarquia. Embora seja dito que os Chou nunca exerceram um reinado centralizado, os estados feudais os reconheciam como autoridade real dando-lhes participação em suas terras. A ausência de um governo centralizado neste período explicaria, em parte, a substancial diversidade étnica e lingüística do povo chinês. Este período foi bastante marcante na história da China, onde o ferro foi introduzido, bem como sistemas de irrigação incrementando as safras e colheitas. A cunhagem foi introduzida, bem como os pauzinhos chineses na alimentação. Foi nesse período que surgiram as escolas do Confucionismo, Taoísmo e Legalismo. O Taoísmo ( de Tao, que em chinês significa passagem) deriva em grande parte do Tao-te-ching, um texto atribuído a Lao Tzu, escrito, provavelmente, em meados do século III AC , sendo uma mescla de doutrinas políticas, filosóficas e religiosas com um forte elemento alquimista e com muitas características adotadas do budismo hindu. Foi adotado por Confúcio como regra filosófica e posteriormente difundido por vários de seus discípulos, os quais se dividiram em pelo menos 8 seitas diversas. O Taoísmo desenvolveu um vasto panteon de deuses locais, ordens monásticas e mestres. Encabeçando a grande lista de deidades a serem adoradas está o imperador Jade. Diretamente abaixo deste está o imperador da montanha do leste. Durante os anos de sua história o Taoísmo proveu bases para o desenvolvimento de várias sociedades secretas chinesas, razão pela qual, o Taoísmo foi proscrito da China logo após o estabelecimento do regime comunista dos anos cinqüenta. Este sistema filosófico-político-religioso é ainda praticado em algum grau na China moderna, Honk-Kong e Macau. A subseqüente dinastia dos Chin (221-206) AC, estabeleceu o primeiro grande império chinês. Chin é a origem da palavra China. Estabeleceram as fronteiras e o sistema administrativo básico que seria posteriormente seguido por todas as outras dinastias chinesas. A história da China é tradicionalmente vista como um processo contínuo de desenvolvimento com marcadas tendências repetitivas. Seu sistema de governo é tido como o mais marcial dos estados chineses. O sistema dos Chin era centralizado, possuindo um rígido sistema de leis aplicado a todo o país. Para governar este vasto território, Shih Huang Ti instituiu um rígido governo e padronizou o sistema de escrita. Foi neste período que começou a construção da grande muralha da China. A dinastia seguinte, Han, (206 A.C. a 228 A.D.), foi a segunda grande dinastia imperial chinesa. Fundada por Liu Pang, um homem de nascimento humilde, que liderou uma rebelião contra a opressiva polícia da dinastia Chin. O período dos três reis (220AC a 65 AD), abriu quatro séculos de guerra entre estados menores. Neste período consolidou-se de maneira forte a influência hindu dentro da China, com a disseminação do Budismo e com a introdução da medicina, matemática e astronomia hindus provenientes da Índia. A arte deste período é fortemente marcada pelas pinturas de figuras associados ao Budismo. Seguiram-se outras dinastias, Sui e Tang, até o surgimento da pólvora para fins militares no período da dinastia Sung e das guerras com o mongol Gen Gis Kan cujo neto Kublai Kan fundou a dinastia Yüan (1271 a 1368) mantendo as instituições chinesas. Em fins da idade média (séc. XIV) surge a dinastia Ming que procura restaurar a cultura chinesa antiga até que passam a conviver com a cultura européia, em razão dos assentamentos portugueses em Macau no séc. XV. Enquanto isso o povo Manchu avançava pelo sul nos sécs. XVI e XVII, vindo estes a conquistar completamente a China em torno de 1644 com o estabelecimento de uma nova dinastia, a Ching (Manchu) que se estendeu até 1912. A dinastia Ching opôs resistência à chagada dos estrangeiros europeus em seu território, o que contrariou os interesses comerciais britânicos o que ocasionou a famosa guerra do Ópium (1839 a 1942), conseguindo a Grã-bretanha obter concessões e estabelecer sua extraterritorialidade. O regime Ching enfraquecido por problemas internos se tornou ainda mais debilitado pelas intervenções européias, pela devastadora rebelião Taiping e pelos sucessos militares japoneses na guerra sino-japonesa. A Grã-Bretanha e os Estados Unidos da América promoveram uma política de portas abertas através da qual todas as nações poderiam ter acesso ao mercado Chinês, o que resultou em uma divisão da China em diferentes áreas de influência. Sun yat-sem liderou uma revolução que acabou por derrubar o regime dos Chin e em 1911 foi estabelecida uma república. Sun, o primeiro presidente, renunciou em 1912 em favor de Yüan Shih-kai, comandante do poder militar. Yüan estabeleceu um regime repressivo que levou os seguidores de Sun a rebeliões esporádicas. Na segunda guerra mundial o Japão confiscou domínios alemães na província de Shandong, e apresentou à China as suas vinte e uma demandas, desenhadas para tornar a China em um protetorado japonês. Forçada a aceitar uma versão modificada destas demandas, a China nunca as ratificou em sua legislação. Em 1921 havia sido fundado o partido comunista chinês, recebendo apoio da, hoje desintegrada, União Soviética. Em 1926 Chiang Kai-shek liderou o exército dos kuomitang o que deu início a uma longa guerra civil entre comunistas e kuomitangs. Em 1930 foi estabelecido um governo comunista mas Chiang continuou suas campanhas militares, e o Japão, aproveitando-se das dissidências internas da China, ocupou a Manchúria em 1931. Em 1941, com o ataque japonês aos EUA e a bases britânicas na Ásia, a china recebeu ajuda dos EUA e a guerra com o Japão terminou. Porém o fim da ameaça japonesa e a abolição da extraterritorialidade não trouxeram paz ao país. As hostilidades entre os nacionalistas e comunistas chineses precipitou uma guerra em larga escala. Em um ambiente de pesada inflação, repressão policial e fome, grande parte do povo acabou perdendo sua confiança no regime nacionalista chinês e o apoio ao regime comunista cresceu. Beijing passou ao controle comunista em 1949 sem nenhuma batalha. Em 1 de outubro de 1949 os comunistas proclamaram um governo central popular. Era o início da era de Mao.
A imigração chinesa no Brasil teve início em 1810, quando Portugal organizava em sua colônia de Macau a vinda dos primeiros chineses para o país. Depois, eles vieram para desenvolver o cultivo do chá em São Paulo e para trabalhar na implantação da ferrovia no Rio de Janeiro, capital do país na época.
A primeira entrada oficial de chineses em São Paulo ocorreu em 15 de agosto de 1900. O grupo era formado por 107 pessoas que, viajando no vapor Malange, procedente de Lisboa, desembarcou no Rio de Janeiro, sendo conduzido em seguida para a Hospedaria de Imigrantes na cidade de São Paulo.
Porém, o grande fluxo da imigração chinesa de deu a partir da década de 1950. Os principais motivos dessa migração foram as guerras que estavam ocorrendo na China, e que ocasionavam a falta de alimentos no país.
Os dois principais problemas enfrentados pelos imigrantes mais antigos foram, em primeiro lugar, a dificuldade em aprender o português e, em segundo, a dificuldade de conseguir emprego. Contudo, eles se aplicavam em aprender a língua, pelo menos o mínimo, para se comunicar com os brasileiros e arranjar trabalho.
As contribuições da comunidade chinesa em São Paulo são inúmeras. Além dos restaurantes típicos, eles trouxeram a técnica da acupuntura, as artes marciais, o horóscopo chinês, contribuições no campo da medicina e incorporaram os fogos de artifício na cultura do país que os acolhera, entre tantas outras. Muitos chineses atualmente comandam pastelarias e operam pequenas lavanderias familiares.
Estima-se que atualmente vivem no Brasil cerca de 200 mil chineses e descendentes, dos quais um número superior a 130 mil moram em São Paulo.
Obtido em "http://pt.wikipedia.org/wiki/Imigra%C3%A7%C3%A3o_chinesa_no_Brasil"
Na cultura chinesa os valores tradicionais eram derivados da versão ortodoxa do confucionismo, que era ensinado nas escolas e fazia até parte dos exames da administração pública imperial. Os líderes que dirigiram os esforços para mudar a sociedade chinesa depois do estabelecimento da República Popular da China em 1949 foi elevado na antiga sociedade e foi marcado com seus valores. Embora fossem revolucionários conscientes, não tiveram nenhuma intenção de transformar a cultura chinesa completamente. Como administradores práticos, os líderes do partido comunista chinês buscaram mudar alguns aspectos tradicionais, como a posse da terra e a educação rural, enquanto conservam outros, como a estrutura familiar. As mudanças na sociedade chinesa foram menores e menos consistentes do que as reivindicações dos porta-vozes oficiais.
Culinária da China
A China tem umas das mais ricas heranças da culinária do planeta. A comida chinesa sólida é degustada com pauzinhos chineses (hashis)e os líquidos com uma colher larga e plana (normalmente de cerâmica). O chinês considera ter uma faca na mesa muito selvagem, assim a maioria dos pratos são preparados em pedaços pequenos, prontos para serem escolhidos e comidos. A comida chinesa é diferente da comida ocidental onde a proteína de carne é o prato principal de uma refeição, uma fonte de carboidratos (arroz, talharim) são normalmente o ingrediente principal de uma comida chinesa. Por causa da extensa e variada natureza da China, a culinária chinesa pode ser dividida em muitos estilos regionais diferentes.
Cultura do Chá na China
A cultura do chá chinês se refere aos métodos de preparação do chá, o equipamento usado para fazer chá e as ocasiões em que o chá é consumido na China.
O chá é uma bebida popular desde dos tempos antigos da China. Era considerado uma das sete necessidades diárias, sendo as outras a lenha, o arroz, o óleo, o sal, o molho de soja, e o vinagre. A cultura do chá na China difere daquelas da Europa, Reino Unido ou Japão em tais coisas como nos métodos de preparação, métodos de degustação e nas ocasiões em que é consumido. Até nos dias atuais, em ambas as ocasiões, casuais e/ou formais chinesas, o chá é regularmente bebido. Além de ser uma bebida, o chá chinês é usado em medicamentos herbários e na culinária chinesa.O chá chinês é usado principalmente em rituais de cura ou em reuniões.
A China possui atualmente uma das economias que mais crescem no mundo. A média de crescimento econômico deste país, nos últimos anos é de quase 10%. Uma taxa superior a das maiores economias mundiais, inclusive a do Brasil. O Produto Interno Bruto (PIB) da China atingiu 2,2 trilhões de dólares em 2006, fazendo deste país a quarta maior economia do mundo. Estas cifras apontam que a economia chinesa representa atualmente 13% da economia mundial.
Vejamos os principais dados e características da economia chinesa
Entrada da China, principalmente a partir da década de 1990, na economia de mercado, ajustando-se ao mundo globalizado
A China é o maior produtor mundial de alimentos: 500 milhões de suínos, 450 milhões de toneladas de grãos. É o maior produtor mundial de milho e arroz.
Agricultura mecanizada, gerando excelentes resultados de produtividade
Aumento nos investimentos na área de educação, principalmente técnica
Investimentos em infra-estrutura com a construção de rodovias, ferrovias, aeroportos e prédios públicos. Construção da hidrelétrica de Três Gargantas, a maior do mundo, gerando energia para as indústrias e habitantes
Investimentos nas áreas de mineração, principalmente de minério de ferro, carvão mineral e petróleo
Controle governamental dos salários e regras trabalhistas. Com estas medidas as empresas chinesas tem um custo reduzido com mão-de-obra (os salários são baixos), fazendo dos produtos chineses os mais baratos do mundo.
Este fator explica, em parte, os altos índices de exportação deste país.
Abertura da economia para a entrada do capital internacional. Muitas empresas multinacionais instalaram e continuam instalando filiais neste país, buscando baixos custos de produção, mão-de-obra abundante e mercado consumidor amplo.
Incentivos governamentais e investimentos na produção de tecnologia.
Participação no bloco econômico APEC (Asian Pacific Economic Cooperation), junto com Japão, Austrália, Rússia, Estados Unidos, Canadá, Chile e outros países;
A China é um dos maiores importadores mundiais de matéria-prima.

Continue lendo...

INDICADORES